Domaine d'Ardhuy - Bourgogne

Bourgogne

Região Bourgogne | Tinto | 2015

Uvas: Pinot Noir 100%.

Fino . Equilibrado . Frutado . Frescor . Persistente

Harmonização: Aves, Massas

Valor normal:
R$156,00
Ficha técnica
Safra: 2015
Conteúdo: 750ml
Uvas: Pinot Noir 100%.
Teor alcoólico: 13%
Temperatura de serviço: 18º
Estimativa de guarda: 4 anos
Como conservar seu vinho: Para o vinho mostrar todo o seu potencial quando for degustado, ele tem de ser armazenado em ambiente fresco, com controle de temperatura e umidade, livre de trepidações e sem contato com a luz.
Ficha de degustação
Cor: Rubi profunda, com tons violeta.
Aroma: Bouquet complexo poderoso com aromas de frutas vermelhas, pimenta e alcaçuz.
Paladar: A boca revela taninos sutis e elegantes. Vinho equilibrado
Resumo: Esta região da borgonha recebeu o conhecimento dos monges da idade média. Foram eles que descobriram as potencialidades das diferentes parcelas de terra que chamamos de terroir, cada um com suas características de solo e clima locais, temperados pela importância do sol e da chuva. Assim, é comum adicionar à AOC Borgonha o nome de uma sub-região, uma cidade ou uma localidade, para caracterizar os vinhos de acordo com o seu terroir. Ao longo das 5 gerações, a família Ardhuy ampliou a propriedade por lotes de denominações conhecidas (ver outros vinhos), fornece toda a sua cultura biodinâmica e cuidado sobre essas parcelas. Esse Borgonha regionais é envelhecido parte em barris de carvalho e a outra em toneis. É engarrafado após 10 meses de envelhecimento. Estes vinhos são excelentes jovens e tamém podem amadurecer dentro de alguns anos (2 a 5 anos) para desenvolver o seu potencial aromático.
  • Seco
    Doce
  • Leve
    Potente
  • Simpes
    Complexo
  • - Frutado
    + Frutado
  • - Amadeirado
    + Amadeirado
  • - Tânico
    + Tânico
  • - Ácido
    + Ácido
Sobre a Região

Região: Bourgogne
Vinícola: Domaine d'Ardhy
Sobre a região: O extraordinário mosaico de apelações que constitui de norte a sul a Borgonha, reforça as características excepcionais dos terroirs dedicados às uvas Pinot Noir e Chardonnay. Acrescentado a isso, a paixão dos produtores ligados aos seus trabalhos nas vinhas dão o tom da expressão de “climas” mais sutis para uns do que para outros. Depois de alguns erros das últimas décadas, este terroir assimétrico é que traz mais emoção para os fãs desta região.